Qualidade de vida no ambiente de trabalho

A qualidade de vida no ambiente de trabalho visa facilitar e satisfazer as necessidades do trabalhador ao desenvolver suas atividades na organização por meio de ações para o desenvolvimento pessoal e profissional.  A Administração pública deve buscar permanentemente uma melhor Qualidade de Vida no Trabalho promovendo ações para o desenvolvimento pessoal e profissional de seus servidores. Para tanto, as instituições públicas devem desenvolver e implantar programas específicos que envolvam o grau de satisfação da pessoa com o ambiente de trabalho, melhoramento das condições ambientais gerais, promoção da saúde e segurança, integração social e desenvolvimento das capacidades humanas, entre outros fatores.

Investir na qualidade de vida objetiva satisfazer as necessidades do trabalhador tendo como princípio o fato de que as pessoas são mais produtivas quando mais satisfeitas e envolvidas com o trabalho. A ideia é conciliar os interesses dos indivíduos e os das organizações. Sabe-se que ao melhorar a qualidade de vida do servidor no seu ambiente de trabalho, existe a tendência de melhoria na produtividade e eficiência do órgão. É importante avaliar, de forma sistemática, a satisfação dos servidores.  

As sondagens de opinião constituem ferramentas fundamentais para detectar os fatores humanos que podem estar reduzindo a eficiência do órgão. É também a melhor forma de saber o que modificar para que o servidor tenha melhor qualidade de vida na organização. Ciente da importância dessa questão, o Ministério do Meio Ambiente atua firmemente com qualidade de vida. O MMA mantém um setor que cuida exclusivamente do assunto.

Interessados podem ter acesso as várias ações desenvolvidas  por este setor no link: http://qualidadedevida.mma.gov.br/ São listadas a seguir algumas ações que podem contribuir para dar mais qualidade de vida no ambiente de trabalho. Essa lista não esgota o assunto e nem se aplica a todos os órgãos públicos. Deve ser vista como um conjunto de ideias, exemplos, ou elementos para reflexão.


Uso e desenvolvimento de capacidades
Aproveitamento das habilidades;
Autonomia na atividade desenvolvida;
Percepção do significado do trabalho.

Integração social e interna
Ausência de preconceitos;
Criação de áreas comuns para integração dos servidores;
Promoção dos relacionamentos interpessoais;
Senso comunitário.

Respeito à legislação
Liberdade de expressão;
Privacidade pessoal;
Tratamento imparcial.

Condições de segurança e saúde no trabalho
Acesso para portadores de deficiência física;
Comissão Interna de Prevenção de Acidentes – CIPA;
Controle da jornada de trabalho;
Ergonomia: equipamentos e mobiliário;
Ginástica laboral e outras atividades;
Grupos de apoio anti-tabagismo,
alcoolismo, drogas e neuroses diversas;
Orientação nutricional;
Salubridade dos ambientes;
Saúde Ocupacional.

Accessibility