Gestão do ruído e de substâncias ototóxicas

Período de realização: 05/2012 a 12/2020

Público-alvo e abrangência geográfica: O projeto tem abrangência nacional e tem como públicos-alvo os trabalhadores da Fiocruz, inclusive terceirizados, bolsistas, estagiários e alunos. Estima-se que, até o momento, 216 trabalhadores já tenham sido beneficiados com exames audiológicos e 3.184 trabalhadores puderam relatar suas situações de trabalho.

Principais atividades desenvolvidas:
• Exames clínicos audiológicos;
• Relatórios técnicos de avaliação de ambiente sonoro;
• Apresentações dos resultados em feiras, cursos e eventos internos da Fiocruz.

Recursos necessários:
• O projeto conta com recursos do Programa Institucional Fiocruz Saudável, já que, para realizar as avaliações são necessários: computadores, softwares de acústica previsional, medidor Integrador de Nível Sonoro, Calibrador acústico e Microfone capacitivo. Além de audiômetro, computadores, otoscópios e cabine audiométrica para os exames audiológicos.

Humanos:
• Equipe multidisciplinar com 3 arquitetos, 1 engenheiro civil, 2 fonoaudiólogos, 2 técnicos em segurança do trabalho e 1 assistente administrativo;
• Exames audiológicos realizados no ambulatório do Centro de Estudos da Saúde do Trabalhador e Ecologia Humana (ENSP/ Fiocruz);
• Avaliações dos ambientes desenvolvidas nas dependências da Coordenação de Saúde do Trabalhador (Cogepe/ Fiocruz).

Contato: Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) | Rio de Janeiro (RJ)
Marta Ribeiro Valle Macedo | Tecnologista em Saúde Pública Sênior III – Arquiteta
marta.ribeiro@fiocruz.br | (21) 3836-2714

Accessibility